O número de mortes nas praias portuguesas tem vindo a diminuir nos últimos anos, mesmo assim entre Junho e Agosto deste ano morreram onze pessoas nas praias da costa portuguesa, menos três que no ano passado.

Os dados da Marinha Portuguesa indicam que este verão morreram oito homens e três mulheres e que a maioria dos acidentes mortais ocorreu em praias não vigiadas. Registaram-se ainda 564 operações de salvamento nas praias vigiadas com nadadores salvadores.

Além das 564 operações de salvamento, o Instituto de Socorros a Náufragos realizou ainda 109 assistências balneares e 452 assistências de primeiros socorros através do programa Seamaster, criado para vigiar as praias não concessionadas com viaturas todo-o-terreno.