É com a inauguração das iluminações decorativas nas ruas da baixa citadina do Funchal, durante o mês de Dezembro, que se inicia o programa das Festas de Natal e de Fim-de-Ano.
Estas comemorações integram um rico e extenso programa de manifestações culturais, religiosas, etnográficas e artísticas que abrange todo o mês de Dezembro e que termina com a celebração do Dia de Reis.




Na Madeira vive-se com especial fulgor os preparativos para “A Festa”, cognome que os madeirenses adotaram para evidenciar o Natal como a sua festa por excelência. Iniciam -se no princípio do mês de Dezembro com a montagem da lapinha e/ou presépio e com a confeção de diversas iguarias e doces, nomeadamente o afamado bolo de mel, as broas, os licores caseiros e a preparação da carne de “vinha -de -alhos”, que resulta num dos pratos mais afamados da culinária madeirense.

Depois das comemorações de Natal a animação continua, em clima de antecipação das Festas do Fim de Ano com o famoso espetáculo de fogo-de-artifício, reconhecido oficialmente pelo livro de recordes do Guiness , em 2006, como o maior espectáculo de fogo-de-artifício do mundo.

Este magnífico cenário, de beleza rara, é simplesmente único, com milhares de lâmpadas multicolores que enfeitam o anfiteatro do Funchal, transformando-o num palco grandioso. Com as badaladas da meia-noite, do dia 31 de Dezembro, os céus ficam iluminados com cor, luz e esperança num novo ano que se inicia.

Todas estas informções e muito mais podem ser consultadas no site oficial de turismo da Madeira, http://www.visitmadeira.pt