A associação ambientalista – Quercus identificou 290 praias com qualidade de ouro em Portugal, mais quatro praias que no ano de 2011.

As praias classificadas com qualidade de ouro têm de ter boa qualidade da água nas épocas balneares de 2007, 2008 e 2009 bem como qualidade da água excelente em 2010 e 2011. Além disso, todas as análises realizadas na última época balnear (de 2011) tiveram de ser excelentes.

O concelho com maior número de praias com qualidade de ouro é Albufeira (com 18 zonas balneares), seguido de Almada e Vila Nova de Gaia (15), Vila do Bispo (12), Torres Vedras (11) e Grândola (10). O concelho com maior número de praias interiores com qualidade de ouro é Pampilhosa da Serra, com duas praias.
Ao todo a Quercus analisou 256 no território nacional, 290 foram de qualidade de ouro e apenas 5 praias foram consideradas de má qualidade.
“A Quercus considera que continua a existir alguma vulnerabilidade à poluição, em especial nas águas interiores, nomeadamente no que diz respeito às falhas no saneamento básico e aos problemas de gestão da bacia hidrográfica, os quais estarão na origem das análises más, sendo que em muitos dos casos continua a não ser possível identificar uma causa evidente”